17 de janeiro de 2017

Benfica já prepara receção ao Leixões

Depois do dia de folga concedido após o empate caseiro com o Boavista, para a 17.ª jornada da Liga, o plantel do Benfica começou nesta segunda-feira a preparar a receção ao Leixões, a contar para os quartos de final da Taça de Portugal.

A equipa de Rui Vitória treinou às 10h00, numa sessão à porta fechada realizada no Seixal.

O Benfica tem encontro marcado com o conjunto da II Liga nesta quarta-feira a partir das 20h30.
O jogo vai marcar o regresso de Daniel Kenedy, agora treinador da equipa de Matosinhos, à Luz.

15 de janeiro de 2017

SL BENFICA - BOAVISTA FC, 3-3

O SL Benfica recebeu na tarde de ontem a formação do Boavista FC, numa partida referente à 17.ª jornada da Liga NOS.
No Estádio da Luz, o jogo ficou 3-3.

10 de janeiro de 2017

Reencontro entre Benfica e Vitória com ‘final four’ da Taça da Liga no horizonte

O Benfica e o Vitória de Guimarães reencontram-se esta terça-feira na "Cidade Berço" para discutir a passagem às meias-finais da Taça da Liga de futebol, três dias depois do triunfo dos "encarnados" em jogo do campeonato (2-0).

Líder e segundo classificado do grupo D, respetivamente, Benfica e Vitória chegam à terceira jornada separados por dois pontos (seis contra quatro), bastando o empate aos lisboetas para marcarem presença na "final four" — já os vimaranenses têm obrigatoriamente de ganhar.
O outro jogo do grupo, o Paços de Ferreira-Vizela, não tem qualquer implicação nas contas finais.

Em caso de apuramento, o Benfica, detentor do troféu, será o único dos três "grandes" entre os últimos quatro depois das eliminações de FC Porto e Sporting, que se viram suplantados por Moreirense e Vitória de Setúbal, os dois primeiros a garantir vaga para a fase final.

No grupo C, são ainda três as equipas envolvidas na luta pela qualificação, com Marítimo e Sporting de Braga em disputa direta e o Rio Ave a tentar vencer em casa o Sporting da Covilhã, enquanto espera por um empate no Funchal.

Finalista na época passada, o Marítimo comanda o grupo com quatro pontos, seguido por Sporting de Braga e Rio Ave, ambos com três, ao passo que o Sporting da Covilhã, com apenas um, está arredado da luta.
A "final four" disputa-se entre 25 e 29 de Janeiro no Estádio Algarve, em Faro.

7 de janeiro de 2017

“EXCELENTE ESPETÁCULO, DENTRO E FORA DO CAMPO”

Foi um excelente espetáculo, dentro e fora do campo. 
Quem cá esteve, saiu satisfeito. 
Sabíamos que íamos defrontar uma boa equipa, com jogadores que a qualquer momento criam perigo. 
Soubemos controlar e, sabendo que era importante, finalizar bem também. 
Fizemos dois golos e fomos para o intervalo a ganhar. 
Na segunda parte tivemos um grande controlo, fizemos o adversário correr. 
Sabíamos que o Vitória ia tentar virar o resultado, mas estivemos sempre bem posicionados e controlámos a partida”, começou por dizer Rui Vitória, em declarações proferidas na flash interview.

Instado a comentar a aposta em Jonas e Mitroglou: “À medida que os jogos vão surgindo, temos de ter sempre soluções. 
Hoje jogaram Mitroglou e Jonas, acabaram por fazer um bom trabalho, com o Jonas a fazer a ligação ao setor intermédio. 
Depois o Vitória acabou por ir à procura do golo e tivemos de controlar mais atrás e houve um trabalho importante do Samaris e do Pizzi nesse efeito”.

A dupla da frente? 
É uma riqueza para qualquer treinador. 
É uma dupla muito combinada, mas temos jogadores de enorme qualidade e variadíssimas características”, acrescentou.

Com este resultado (0-2), o Tricampeão soma 41 pontos e mantém a liderança isolada da classificação geral.

Não olhamos a histórias de Campeonato, mas sabemos que era um momento importante. 
Jogar aqui nunca é fácil. 
Ganhar aqui é muito bom, porque somamos mais uma vitória e continuamos na frente. 
Neste momento era importante vencer”, revelou o treinador.

A fechar, instado a comentar a situação de Lindelof e os rumores de uma possível saída, o técnico foi – como é do seu timbre – taxativo.

“Nada difícil de gerir! 
Os meus jogadores, seja o Victor ou outro, sabem que se não estiverem bem aqui não terão possibilidade de jogar em outro lado. Se se desfocarem estão no caminho errado”, concluiu Rui Vitória.

Fonte: slbenfica.pt

“MOSTRÁMOS QUE SOMOS UMA EQUIPA PERSONALIZADA”

O SL Benfica garantiu este sábado mais três preciosos pontos na Liga NOS, após vitória sobre o Vitória de Guimarães, por 0-2, à passagem da 16.ª jornada da competição.

Num estádio tradicionalmente complicado, Jonas e Mitroglou assinaram os golos da vitória do Tricampeão, uma vitória que mantém a equipa no topo – isolada – da classificação geral.

No final do desafio, em declarações proferidas na flash interview, Pizzi mostrou-se satisfeito pelo triunfo num recinto complicado e deixou vários elogios.

Desde o primeiro minuto que entrámos com vontade de vencer e conquistar os três pontos. Mostrámos que somos uma equipa personalizada, que sabe jogar futebol, que fez dois golos na primeira parte e que soube gerir o resultado no segundo tempo. 
Foi um bom jogo, um bom espetáculo de futebol e mais uma grande alegria para os adeptos do Benfica, que são maravilhosos”, começou por dizer.

Instado a comentar a prestação dos marcadores dos golos, Pizzi deixou elogios aos companheiros, contudo, salientou a importância do coletivo.

O Jonas é um excelente jogador, é óbvia a qualidade que ele tem e é ótimo voltar a contar com ele. 
Mas todos os jogadores são importantes, os que jogaram, os que ficaram de fora e os que ficaram no banco. 
Hoje foram o Jonas e o Mitroglou a fazer os golos, é bom para nós que eles estejam bem e a marcar, é bom para a equipa, mas toda a gente está de parabéns”, referiu o internacional português.

A fechar, destaque para a Família Benfiquista.

Este estádio é tradicionalmente complicado, o V. Guimarães tem adeptos muito fervorosos, que criam um excelente ambiente como se viu esta noite, mas nós também contamos com os nossos adeptos, que são fantástico e que nos apoiam sempre, concluiu Pizzi.

O SL Benfica torna a jogar no estádio D. Afonso Henriques na próxima terça-feira, desta feita para a 3.ª jornada da Fase de Grupos da Taça da Liga (CTT), um desafio que definirá qual das formações marcará presença na Final Four a disputar no Algarve.

O Campeonato Nacional regressa no sábado, com as águias a receberem o Boavista, pelas 16h00, na 17.ª ronda da prova.

Fonte: slbenfica.pt

Vitoria Guimarães 0 - 2 BENFICA

Golos destes grandes senhores que vemos na imagem Kostas Mitroglou e Jonas.

5 de janeiro de 2017

OFICIAL: Hermes é reforço do Benfica até 2021

Marcelo Hermes é oficialmente reforço do Benfica.
A contratação do brasileiro foi adiantada pela BTV, a qual referiu que o jogador assinou por quatro anos e meio (até 30 de junho de 2021) e vai jogar com a camisola número 38.

Nas primeiras palavras enquanto jogador das águias, o lateral disse estar a cumprir um sonho.

«Estou muito feliz de estar neste grande clube, vim para ajudar a conquistar vários títulos. 
«No Brasil dizia-se que era um grande clube, com muitos campeões, e é um sonho realizado», começou por referir.

O brasileiro chegou a custo zero, depois de ter terminado com o Grêmio, e apresenta-se como mais uma alternativa para o lado esquerdo da defesa.

«Sou lateral esquerdo defensivamente bom e apoio nas horas vagas que tenho. 
Venho para acrescentar. 
Espero uma carreira brilhante aqui no Benfica e ajudar os colegas e todos os que precisarem», apontou.

Hermes disse ainda que assistiu à partida dos encarnados frente ao Vizela mas ainda não se cruzou com qualquer colega.

«Ainda não falei com ninguém, cheguei ontem e assisti ao jogo, mas não me encontrei nenhum colega. 
Vai ser fácil adaptar-me porque há muitos brasileiros e todos me estão a receber muito bem», sublinhou.

4 de janeiro de 2017

BENFICA-VIZELA, 4-0













90'+3 - Fim da partida.
O Benfica goleia (4-0) Vizela num jogo que teve Jonas e Zivkovic em destaque.
O brasileiro voltou e voltou aos golos quatro meses depois.
Já o sérvio brilhou com três assistências em partida da terceira ronda do grupo D da Taça CTT.

90' - Vão jogar-se mais dois minutos na segunda parte.

86' - André Almeida ganha dois ressaltos e fica em boa posição de rematar.
Um corte de carrinho evita um mal maior.

84' - Dani Coelho aparece pela direita em boa posição para visar a baliza.
Ederson opõe-se bem ao lateral-direito a quem foi assinalado fora-de-jogo acabando, contudo, por ser mais invalidado.

82' - A bola vai para a zona de Carrillo que desiste da jogada apesar do ressalto parecer correr favorável ao peruano.
O extremo não se livra de uma vaia dos adeptos.

78' - Já dentro da área, Carrillo levanta a cabeça e cruza para o remate de primeiro de Zivkovic. A bola ainda tabela em Jovic e morre nos braços de Albergaria.


77' - Substituição no Benfica: sai Jonas e entra Rafa.
O brasileiro recebe uma das ovações da noite.

72' - Carrillo começa a jogada que o próprio conclui... mas em fora-de-jogo.
Bom apontamento do peruano que arrancou da esquerda para o meio, onde viria a finalizar.

69' - Zivkovic deambula pelo ataque e tenta assistir Jonas à entrada da área.
O brasileiro dispara por cima.

67' - Substituição no Benfica: sai Mitroglou e entra Jovic.

Estão 18.472 espectadores no Estádio da Luz.

63' - Canto perigosamente batido por Zivkovic na direita.
Mitroglou sobe mais alto que a defensiva de Vizela ao primeiro, tal como no golo de Lisandro, só que o cabeceamento do grego sai por cima.

61' - Substituições no Vizela: saem Homero e Lamelas; entram Felipe Augusto e Helinho

61' - Substituição no Benfica: sai Pizzi e entra André Horta.

60' - GOOOOOLOOOOOOO DO BENFICA! 4-0, por Jonas.
Cruzamento de Zivkovic da direita e o brasileiro aparece isolado na marca de penálti para cabecear de cima para baixo. Sem hipóteses para o guardião.
O sérvio aproveitou para fazer a terceira assistência da noite.

57' - GOOOOOLOOOOOOO DO BENFICA! 3-0, por Jonas.
A quase 25 metros da baliza, o brasileiro volta ao golos e coloca a Luz de pé através da marcação exímia de um livre direto.
Os companheiros de equipa acorrem para festejar em conjunto com o 10 do Benfica.


54' - Substituição no Vizela: sai Tiago Ronaldo e entra André Pinto.

48' - GOOOOOLOOOOOOO DO BENFICA! 2-0, por Lisandro.
Canto da direita batido por Zivkovic que faz mais uma assistência, agora para o argentino que ao primeiro poste concluiu de cabeça numa área que deveria estar devidamente 'guardada' pelo guarda-redes do Vizela.
O 2 das águias aparece entre o defesa e o guardião para marcar.

20h20 - Início da segunda parte.
Arranca o Benfica agora com a bola

Primeiro tempo de controlo absoluto por parte do Benfica, mas apenas há um golo no marcador. Mitroglou faturou de cabeça após canto e é o homem em maior evidência do jogo até ao momento.

45' - Apito para o fim da primeira parte.



44' - Boa jogada de entendimento entre Pizzi e Zivkovic que termina com o remate do sérvio, ainda que bloqueado dentro da área.
O guardião recolhe.

41' - Novo canto batido por Zivkovic com conta, peso e medida para o centro da área onde aparece Jardel para cabecear.
O brasileiro antecipa-se e atira para as mãos de Pedro Albergaria.

36' - Bom domínio de bola de Carrillo dentro da área do Vizela para depois servir Samaris.
O grego dispara para a baliza e ganha canto.

31' - Tentativa de remate do Vizela travada por fora-de-jogo após canto.

28' - GOOOOOLOOOOOOO DO BENFICA! 1-0, por Mitroglou.
Canto curto da direita, Zivkovic recebe a bola no vértice da área e cruza tenso para a área onde aparece a cabeça do grego a concluir no alto.
Sem hipóteses para Albergaria.

27' - Albergaria soca a bola para a frente após cruzamento tenso e com força.
Mitroglou remata e o guarda-redes defende em cima da linha.

25' - Mitroglou estava de costas para a baliza e parecia inofensivo.
De calcanhar, serve Carrillo na direita que cruza largo para o segundo poste.
Albergaria salta mais alto e agarra o esférico com dois jogadores em seu redor.

24' - Confusão na área depois de Jonas ganhar a linha de fundo.
O brasileiro tenta o cruzamento atrasado da direito mas sem sucesso.

18' - O guarda-redes do Vizela, Pedro Albergaria, pede assistência médica nas imediações da área.
Os jogadores da formação de Rui Quinta aproveitam para beber água.

16' - Boa jogada que começa face à visão de jogo de Pizzi.
Cabeceamento de André Almeida atrasado para o remate de Zivkovic desviado para canto.

13' - Elízio trava Zivkovic junto ao limite da área e Manuel Oliveira apita e marca falta.
Os jogadores do Benfica pediram penálti mas não foi concedido.
Decisão muito duvidosa do árbitro da AF Porto.
Na sequência do livre lateral, Jonas aparece em boa posição só que o remate sai para fora.

11' - Mitroglou marca mas estava em fora-de-jogo.
O grego apareceu em boa posição após canto.

9' - Pizzi arrisca o remate de fora da área, de pé esquerdo, que sai frouxo.

8' - O passe por alto para Mitroglou sai demasiado comprido e o grego tenta enquadrar-se com a baliza.
Aproveita para servir o seu 'colega de golos' no centro da área, Jonas, que chuta de pronto mas sem grande perigo. Albergaria controla.

4' - Cruzamento de André Almeida para a marca de penálti que Jonas corresponde com um remate de pronto muito bem conseguido, a rasar o travessão.
Não passou nada longe da baliza do Vizela.

3' - Kukula esgueira-se pela esquerda, completamente isolado, e não parecia em fora-de-jogo que foi assinalado pelo árbitro.

19H15 - Começa a partida na Luz!
Arranca o Vizela com a bola.

Jonas é titular na equipa do Benfica pela primeira vez desde Agosto.
Yuri Ribeiro volta a ser escolha para começar a partida no lado esquerdo da defesa após ter merecido a confiança na Taça de Portugal.
Ederson, André Almeida e Pizzi são os únicos habituais titulares que fazem parte do onze inicial.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

20 de dezembro de 2016

ULTIMA HORA

O Benfica jogará com o Leixões nos Quartos de Final da Taça de Portugal e se vencer jogará com o Estoril ou a Académica de Coimbra.

Benfica recebe Rio Ave e tenta terminar ano com quatro pontos de avanço na I Liga

O Benfica procura terminar o ano de 2016 com quatro pontos de avanço na I Liga portuguesa de futebol, necessitando, para tal, de derrotar na quarta-feira em casa o Rio Ave, na 14.ª jornada.

Depois de o FC Porto ter antecipado o encontro da ronda, no qual venceu o Marítimo (2-1), os ‘encarnados’ chegam à última jornada do ano civil com um ponto de avanço sobre o segundo classificado.

Com duas vitórias consecutivas após o desaire com o Marítimo (2-1), o único até agora no campeonato, o Benfica surge como favorito, mas terá pela frente um Rio Ave na sua melhor fase da temporada.

Desde a chegada de Luís Castro, que substituiu Nuno Capucho, os vila-condenses somaram quatro triunfos, que lhes permitiram subir ao sexto lugar, a quatro pontos dos lugares de qualificação para a Liga Europa.

Os ‘encarnados’ levam, contudo, ‘esmagadora’ vantagem no confronto direto com o Rio Ave, uma vez que, em 22 jogos do campeonato no recinto do Benfica, o melhor que os vila-condenses conseguiram foram quatro empates.

Após duas derrotas consecutivas no campeonato, o Sporting, que caiu para a quarta posição, a oito pontos do Benfica, vai tentar regressar aos triunfos na visita ao Belenenses na quinta-feira.

Os ‘leões’ atravessam a pior fase da temporada, com três derrotas nos últimos quatro encontros, mas visitam agora um terreno onde têm sido felizes nos últimos anos, somando quatro triunfos e um empate nas derradeiras cinco visitas ao Restelo.

Se o Sporting atravessa uma fase negativa, os ‘azuis’ também não têm sido felizes nos últimos encontros, com apenas uma vitória nos últimos quatro jogos no campeonato, ocupando, neste momento, o nono lugar.

Igualmente na quinta-feira, o Sporting de Braga defende o terceiro lugar conquistado com o triunfo em casa do Sporting (1-0), recebendo o ‘aflito’ Moreirense, 16.º e antepenúltimo.

O encontro do Estádio Municipal de Braga vai marcar a estreia de Jorge Simão, que assumiu o comando técnico do Sporting de Braga, depois de Abel Ferreira, da equipa B, ter orientado os ‘arsenalistas’ em Alvalade.

Na quinta posição, a um ponto do Sporting de Braga e em igualdade com o Sporting, está o Vitória de Guimarães, a quem cabe fechar o campeonato em 2016, na visita ao Arouca, 10.º classificado, na sexta-feira, às 21h00.

Tal como o Sporting de Braga, também o Desportivo de Chaves vai estrear um novo treinador, Ricardo Soares, que substituiu Jorge Simão, sendo que, na segunda-feira, frente ao FC Porto (derrota por 2-1), a equipa foi orientada por Carlos Pires.

Na quinta-feira, os transmontanos, na oitava posição, recebem o Estoril-Praia, 13.º, no qual o espanhol Pedro Gómez Carmona procura o primeiro triunfo, depois da derrota na estreia com o Benfica (1-0).

No mesmo dia, o Nacional, na 15.ª posição e com apenas um triunfo nos últimos nove encontros, recebe o Boavista, 14.º e que tenta afastar-se um pouco mais da zona de despromoção.

Com os mesmos 11 pontos de Nacional e Moreirense está o Feirense, 17.º e penúltimo classificado e primeiro abaixo da ‘linha de água’, recebe um mais tranquilo Paços de Ferreira, 12.º, com mais cinco pontos do que o conjunto de Santa Maria da Feira.

Na sexta-feira, o ‘lanterna-vermelha’ Tondela, com 10 pontos, joga em casa do Vitória de Setúbal, 11.º, com 16.